(318)
Última edição
Última Edição
Matéria de Capa
Ponto de Vista
Destaque
Dicionário do Setor
Internacional
 
Você está em:

SuperHiper

O grandioso mercado das pequenas lojas 27/06/2017 14:11:29

Estudo Mercado de Vizinhança, elaborado pela GfK Brasil, detalha o perfil das lojas que integram este segmento e revela as principais práticas que as empresas vêm adotando para ampliar seu nível de competitividade

 

 

O autosserviço de vizinhança não passou ileso à retração do consumo ocorrida no ano passado, como mostra este Especial Pequeno Supermercado Eficiente (PSE), que congrega informações do Estudo Mercado de Vizinhança, desenvolvido pela GfK Brasil, e o Ranking de Eficiência dos Supermercados de Pequeno Porte, feito pela equipe de Pesquisa e Economia da Abras, a partir de dados do Ranking Abras/SuperHiper.

 

De acordo com o 7º Estudo Mercado de Vizinhança, produzido pela GfK Brasil, com exclusividade para SuperHiper, houve queda de 1,8% no faturamento médio das lojas que integram este segmento do varejo. Esse resultado interrompe série de crescimento vivenciada pelo canal desde que o estudo foi iniciado, em 2011, e é reforçado, inclusive, por dados de outras empresas de pesquisa, como a Nielsen, que detectou retração ainda maior neste formato de loja: 3%.

 

Ao analisar o desempenho de cada perfil de loja, separadamente, nota-se que o resultado negativo do varejo de vizinhança foi puxado pelos estabelecimentos com dois e três check-outs, que tiveram respectivas retrações de 13,7% e de 4,5% (veja tabela). Em compensação, os negócios que operam com apenas um caixa movimentaram receita 12,8% maior.

 

Por fim, lojas com quatro check-outs registraram ganho de 2,7% em receita. Mas essas performance não positivaram a média geral. Diante dos conhecidos desafios enfrentados pelo varejo em 2016, o pequeno supermercadista seguiu com a estratégia de reduzir a sua margem para manter os clientes em sua loja. Isso fica bastante evidente na análise de 35 categorias básicas, voltadas às cestas de alimentos, higiene e limpeza, realizada pela GfK Brasil.

 

“Até 2015, o valor da cesta básica, nas lojas de vizinhança, era superior ao dos súperes e híperes. Em 2016, esta dinâmica se inverteu e, neste ano, vê-se cenário de alinhamento”, observa o diretor de Relacionamento com o Varejo da GfK Brasil, Marco Aurélio Lima. No primeiro trimestre de 2017, quando esta pesquisa foi concluída, o preço médio desta cesta, no varejo de vizinhança, estava em R$ 274,34 — R$ 0,18 acima do das grandes lojas.

 

Outro passo que o pequeno supermercadista tem dado para obter maior competitividade, e que também colabora para a redução de preços nas gôndolas, é a maior adesão às redes de negócios. Dentre os 418 respondentes deste estudo, 14% deles já participam deste tipo de associação. No estudo anterior, cuja base de participantes é praticamente a mesma, essa proporção era de 7,3%.

 

Neste universo de empresas ligadas às redes de negócios, 20% delas entraram “neste barco” no último ano, o que indica que o associativismo no setor está em pleno crescimento. Grande parte delas, mais precisamente 93,2%, percebeu vantagens neste modelo a partir do momento em que ele foi adotado. De acordo com o último Ranking de Redes e Associações de Negócios da Abras, publicada na edição de outubro de 2016, em SuperHiper, as redes de negócios já reúnem mais de 3,7 mil lojas em todo o País.

 

Clique aqui e leia a matéria na íntegra

 



 

Últimas

» “Esse setor sempre foi essencial” 20 de Setembro 2017, 10h43
» E-commerce alimentar: um caminho sem volta 26 de Julho 2017, 09h59
» O grandioso mercado das pequenas lojas 27 de Junho 2017, 14h11
» Os bastidores de cada gôndola 01 de Junho 2017, 14h11
» Em busca da retomada 05 de Maio 2017, 09h19
» Depois da tempestade... 03 de Abril 2017, 09h46
» Sinergia e criatividade para adoçar as vendas da Páscoa 2017 21 de Fevereiro 2017, 16h33
» Um jantar com muita história para contar 27 de Dezembro 2016, 15h59
» Ao cliente, com carinho e exclusividade 23 de Novembro 2016, 15h15
» Trabalho em conjunto dribla adversidades 21 de Outubro 2016, 11h53

Ver mais »