(20)
Convenção
Convenção ABRAS 2016
Convenção ABRAS 2015
Convenção ABRAS 2014
Convenção ABRAS 2013
Convenção ABRAS 2012
Convenção ABRAS 2011
Convenção ABRAS 2010
Convenção ABRAS 2009
Apresentação
 
Você está em:

Convenção

44ª Convenção Abras: a nobre marca do sucesso


Principal encontro dos empresários do varejo de autosserviço do País, a Convenção Abras, realizada de 14 a 16 de setembro, foi mais uma vez um grande sucesso de qualidade de público e de conhecimento



Cerca de 700 dos principais líderes e grandes empresários do setor estiveram presentes ao evento, composto por palestras internacionais e nacionais focando os principais temas de interesse do setor, reuniões estratégicas e exposição dos patrocinadores. Tudo focado no objetivo da Convenção Nacional: troca de conhecimento estratégico visando ao desenvolvimento do setor de autosserviço no País a longo prazo.



Presidente da Abras, Sussumu Honda

Desta vez, o evento nacional aconteceu no luxuoso resort Royal Palm Plaza, em Campinas (SP), local escolhido pela qualidade de infraestrutura e hospedagem. A categoria cinco estrelas do local combinou com o tema do evento deste ano: O Mais Nobre Encontro dos Líderes Supermercadistas, simbolizado na comunicação visual do evento por um belo brasão.

A 44ª Convenção teve início no dia 14, com reuniões estratégicas durante o dia e o Jantar Solene, abrindo oficialmente o evento, à noite. Do jantar, além dos importantes convencionais, participaram líderes empresariais do varejo e da indústria, importantes autoridades do governo e ilustres representantes políticos.

O presidente da Abras, Sussumu Honda, abriu o evento exaltando o valor da Convenção para fomentar conhecimento às principais lideranças do setor, que deve ser repassado pelas principais lideranças estaduais a todas as empresas supermercadistas em todas as regiões do País. Sussumu também ressaltou o crescimento do setor nos últimos anos e as perspectivas positivas para este ano de 2010, quando se espera expansão de 7% em vendas.



Presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Dirceu Raposo de Melo
Entre as autoridades presentes ao jantar estavam o ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin, o vice-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Armando Mariante Carvalho, o presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Dirceu Raposo, o secretário do Comércio e Serviço do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), Edson Lupatini, e os deputados federais Arlindo Chinaglia e Guilherme Campos.


Acordos setoriais

A convenção nacional do setor tradicionalmente é palco de grandes acordos setoriais. Desta vez não foi diferente. O secretário do Comércio e Serviço do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), Edson Lupatini, e o presidente da Abras, Sussumu Honda, assinaram durante a cerimônia de abertura do evento um importante acordo Abras-MDIC que prevê ações para promoção da internacionalização das empresas supermercadistas brasileiras e para o fomento do comércio exterior, via empresas supermercadistas. "Podemos ser mais representativos do que somos hoje na América Latina", disse Lupatini, sem descartar outros mercados mais consolidados, como os EUA e a Europa.



Ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin
Outro importante momento foi a consolidação da parceria Abras-Ministério da Pesca e Aquicultura, que deu início ao importante momento promocional do pescado no Brasil: a Semana do Peixe, este ano na 7ª edição. O ministro Gregolin ressaltou no evento que os supermercados têm relevante papel no aumento do consumo de pescado, que passou de 6,5 quilos per capita em 2003 para 9 quilos em 2009.


Também foi consolidado o bom trabalho conjunto realizado pela Abras e a Anvisa. O presidente da Anvisa, Dirceu Raposo, foi enfático quanto à disposição cooperativa da Abras no atendimento às demandas da agência, que, entre outros atributos, deve zelar pela melhor condição sanitária dos estabelecimentos, incluindo os supermercados, e dos produtos por eles comercializados. Raposo fez questão de falar do bom trabalho realizado pelo setor no âmbito das farmácias. "Tenho dito que as farmácias dos supermercados são as melhores do Brasil. São as que mais seguem as regras. Os supermercados, de modo geral, têm avançado muito", disse .

No final da cerimônia de abertura, o vice-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Armando Mariante Carvalho, mostrou em detalhes, em sua palestra, que o Brasil hoje usufrui prestígio internacional talvez nunca experimentado e enfatizou o papel do BNDES nesse processo, responsável por investir no desenvolvimento de inúmeras empresas de diversos setores e portes, inclusive pequenos supermercadistas.

Palestras internacionais



Lupatini e Honda; assinam acordo para internacionalização do setor
Nos dias 15 e 16 ocorreram palestras durante todo o dia, conferidas pelos principais experts do varejo mundial.


• A ex-vice-presidente da rede norte-americana Target, Robin Waters, abordou o tema "Competição, perspectivas, possibilidades no cenário de novas tendências", numa linguagem fácil e direta. "Estudei o paradoxo do ser humano, que quer fazer parte de grupos já existentes e, ao mesmo tempo, ser visto como único e diferente. Portanto, para cada tendência há uma contratendência", destacou Waters.

• O prof. Ben Bensaou, da Universidade Harvard, falou sobre uma das teses mais importantes do cenário mundial, a Estratégia do Oceano Azul. Segundo Bensaou, "'Oceano Azul' aqui quer dizer oceanos de inovações. Parem para pensar quantas boas ideias não surgem na cabeça das pessoas de todo o mundo ao longo de um só dia".

• Rafi Mohammed, diretor da Simon-Kucher & Partners, consultoria internacional especializada em estratégias de precificação, deu um show ao explicar como companhias de sucesso usam precificação para lucrar e crescer. Mohammed destacou que "na precificação, pequenas atitudes podem resultar em excelentes resultados. As empresas devem montar suas estruturas de comercialização com base na precificação e não em seus custos".

• Love Goel, presidente e CEO do GVG Capital Group, debateu o futuro do varejo e quais são as dez tendências que vão transformar o setor varejista. Numa palestra descontraída, Goel enfatizou que "o formato varejo vai mudar porque a forma de comprar mudou muito e é preciso se adaptar a esse novo mundo".

• O prof. Bill Hardgrave, pesquisador da Universidade de Auburn, explicou a implantação da tecnologia RFID no varejo e suas vantagens de um modo simples e eficaz. Pontuou os avanços dessa tecnologia em diversas áreas do varejo e a tendência contínua de crescimento da sua utilização.

• Philip Graves, sociólogo e especialista inglês em comportamento humano, abordou tema bastante discutido entre os supermercadistas: o comportamento dos consumidores. "Pesquisas sobre comportamento do consumidor são baseadas em perguntas e nas respostas que os entrevistadores querem ouvir. Isso é um erro. Apenas 5% das respostas são geradas pelo lado consciente e 95% pelo lado inconsciente das pessoas", afirmou.

• Em uma apresentação conjunta os coordenadores dos Comitês Abras (Perdas, Meios de Pagamento, Paletização, Farmácia, Redes e Associações de Negócios, Inovação e Tecnologia e Jurídico) abordaram os avanços de seus trabalhos e também os projetos em andamento. O superintendente da Abras, Tiaraju Pires, mediou a apresentação e falou sobre o importante trabalho dos comitês de estudo, com o objetivo de ampliar o conhecimento do setor e as perspectivas nessas áreas.

• O presidente da Nestlé, Ivan Zurita, fechou o evento falando da importante trajetória da sua organização no Brasil e no cenário mundial e da missão e valores que impulsionam sua brilhante carreira.

Exposição dos Patrocinadores

A 44ª Convenção Abras contou este ano com estandes para os patrocinadores mostrarem suas novidades em produtos e serviços. Os patrocinadores do evento foram: Ambev, GS1 Brasil, Itaucard, Nestlé, Unilever, Banco Safra, BRF Foods, Coca-Cola, Cargill, Cielo, Colgate e Hypermarcas.

Paralelamente à Convenção Abras, ocorreu o IV Encontro Internacional de Negócios, que movimentou mais de US$ 60 milhões durante os dois dias de rodadas de negócios internacionais. Os empresários e executivos participantes da Convenção Abras puderam participar das rodadas agendadas, realizando importantes negócios para suas empresas.

A 44ª Convenção Abras foi finalizada ao final do dia 16 num breve coquetel. Como resumiu o presidente da Abras, Sussumu Honda, ao agradecer a presença de todos os convencionais, o evento se consagrou mais um vez de maneira muito satisfatória, ciente de ter cumprido sua missão de passar conhecimento de ponta e ótima qualidade para todos os presentes, que poderão se encontrar novamente em setembro de 2011, na 45ª Convenção Abras, que está sendo elaborada.