Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Bebidas

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Bebidas

15/05/2017 11:24 - Grapette de volta às prateleiras em Belo Horizonte

Presente na memória de muitos brasileiros, o refrigerante Grapette, que ficou conhecido pelo slogan "Quem bebe Grapette repete", está de volta ao mercado mineiro. A bebida existe desde os anos 50 e nunca deixou de ser produzida no País, mas estava fora do mercado mineiro desde 2015. Apostando na "onda retrô", a sócia-detentora da marca no Brasil, Saborama Sabores e Concentrados para Bebidas Ltda, está investindo no retorno efetivo da marca para o Estado, por meio de parceria com a indústria Jota Efe, localizada em Ouro Fino, no Sul do Estado.

 

A marca de refrigerante viveu seu ápice entre os anos 60 e 70, tendo sido o primeiro refrigerante de uva a ser lançado no Brasil. Em Minas Gerais, a marca chegou a ser distribuída pelo grupo Del Rey, mas o contrato da Saborama com a indústria foi cancelado e o refrigerante deixou de ser vendido no Estado em 2015.

 

Segundo a gerente de marketing da Saborama, Denise Aleteia Roque, o mercado de refrigerante no País é muito competitivo, o que dificulta a consolidação de marcas locais. Diante desse cenário, a Saborama está investindo em uma ação de retorno da marca, apostando no modelo de franquia por meio de engarrafadoras, a fim de garantir uma atuação local.

 

"Esse é um segmento que não sobrevive enviando produto a longas distâncias. Para ser competitiva, a empresa precisa atuar regionalmente e é exatamente essa nossa estratégia. Nós selecionamos franquias, que são indústrias de bebidas, e cedemos a elas o direito de uso da marca Grapette. Essa franquia, por sua vez, fica responsável por produzir, comercializar e distribuir o produto", explica a gerente. De acordo com ela, a Saborama não cobra royalties das franquias. O lucro da sócia-detentora da marca está na venda do concentrado da bebida, principal ingrediente da receita do Grapette. Todo o lucro da venda final do refrigerante fica com a franquia.

 

Denise Roque explica que os critérios de seleção da Saborama para as franquias passam, principalmente, pelo histórico, experiência e seriedade da indústria. Características que foram encontradas na Jota Efe, indústria mineira com 67 anos de experiência no mercado de bebidas. A parceria foi finalizada no ano passado e os primeiros lotes do Grapette Uva já começaram a ser comercializados no fim de 2016.

 

De acordo com o gerente comercial da Jota Efe, Harriman Faria, a indústria atende mais de 10 mil pontos de venda em Minas Gerais e no Espírito Santo. Mas, para a venda do Grapette Uva, a Jota Efe utilizará uma rede de distribuidores terceirizados para cobrir a rede varejista em distâncias superiores a 300 quilômetros da fábrica. No primeiro momento, a marca será vendida apenas no sabor uva em embalagens de dois litros, 600 ml, 250 ml e 185 ml. A gerente marketing da Saborama afirma que ainda não foi desenhada uma meta de venda para Minas Gerais, mas ela garante que o mercado tem potencial.

 

"Há cerca de três anos fizemos uma ação de experimentação do produto em Minas Gerais e os resultados foram positivos: a marca foi bem-aceita", afirma. Segundo ela, a intenção da Saborama é atingir todo o território mineiro. Inicialmente isso será realizado pela Jota Efe, mas a gerente afirma que a empresa não descarta a possibilidade de parcerias com outras indústrias no Estado para que o atendimento local seja o mais eficiente possível. Além da expansão pelo Estado, a marca também vai garantir novidades constantes, conforme explica Denise Roque.

 

"A ideia é sempre fazer lançamentos. Dois deles já estão desenhados para Minas Gerais, sendo o primeiro a versão zero açúcar do Grapette Uva, que deve ser lançada no segundo semestre deste ano. A segunda novidade é o Grapette Uva Verde, que já faz sucesso em outros estados e deve chegar ao mercado mineiro no ano que vem", adianta.

 

 


Fonte: Diário do Comércio de Minas


 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

11/08/2017 12:16 - Produção brasileira de suco deve crescer 70% em 2017/2018
10/08/2017 12:28 - Nestlé apoia produção de leite orgânico em SP
07/08/2017 11:43 - Preços pagos ao produtor recuam em MG
31/07/2017 12:18 - Lucro da Heineken sobe 49% no 1º semestre e cerveja vende mais que o esperado
28/07/2017 12:04 - Ambev prevê melhora da demanda no mercado interno apenas no longo prazo
27/07/2017 11:33 - Ambev tem lucro líquido de R$2,125 bi no 2º tri
25/07/2017 15:55 - Heineken encerrará parceria com engarrafadores da Coca-Cola no Brasil, diz Femsa
14/07/2017 11:00 - Minas Láctea promove a inovação
06/07/2017 11:43 - Apil: preço do leite ao produtor deve diminuir 7,4%
05/07/2017 14:28 - Leite: Preço pago ao produtor recua 1% em Minas Gerais

Veja mais >>>