Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Bebidas

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Bebidas

22/09/2015 12:27 - Só Cervas amplia alcance das PMEs

                                 Lançada este mês, plataforma pretende fechar o ano com 100 cervejarias cadastradas e 300 rótulos à venda

 

Uma plataforma que integra em um só lugar as principais micro e pequenas cervejarias do País e oferece ao consumidor toda a facilidade da compra on-line. Essa é a proposta da Só Cervas, plataforma criada por dois empresários de Minas Gerais que perceberam oportunidade no modelo de negócio que liga os produtores de cerveja aos consumidores. Lançada há pouco mais de duas semanas, a plataforma pretende fechar o ano com 100 cervejarias cadastradas e 300 rótulos à venda.

 

De acordo com o sócio-fundador, Paulo Leomil, ele e o sócio Adriano Dal Cin já tinham experiência no segmento cervejeiro e por isso sabiam de alguns desafios do setor. Um deles é a falta de recursos das micro e pequenas cervejarias para investir em ações de marketing e que deem visibilidade à marca. Além disso, como são muito pequenas, elas não tinham condições de concorrer com grandes e-commerces de cervejas.

 

Ao analisar as possibilidades para explorar esse nicho, os sócios chegaram ao formato de marketplace, que é um shopping on-line onde muitas marcas podem vender seu produto, mas sem arcar com os custos do e-commerce. Nesse modelo de negócio, o lucro vem de uma porcentagem nas vendas, que no caso do Só Cervas será de 12%.

 

De acordo com o empresário, cada cervejaria terá seu próprio perfil, onde poderá expor informações e imagens dos produtos. A cervejaria é responsável tanto pela inserção das ofertas, quanto pela entrega do produto. Já a plataforma faz a hospedagem das marcas, promove ações para atrair fluxo de clientes e é responsável pelo processo de pagamento via internet.

 

"Para as cervejarias é muito interessante porque a maioria delas tem uma presença ínfima na internet. Então é mais um ponto de venda, além de uma oportunidade de reforçar a presença na web", explica. Leomil também destaca que a plataforma é uma porta de entrada para o varejo para as cervejarias pequenas. Segundo ele, muitas delas exploram apenas o atacado, que trabalha com um preço inferior. Ao cadastrar seu produto na Só Cervas, a cervejaria vende diretamente para o consumidor e aumenta sua lucratividade.

 

Para o sócio, o negócio já nasce com boas perspectivas, pois, segundo ele, a compra de cerveja pela internet tem aumentado no Brasil. "Com a crise, o consumidor está procurando meios de economizar e o e-commerce é uma opção, pois oferece produtos a um custo mais baixo que estabelecimentos físicos, como o empório, por exemplo", diz. Além disso, ele destaca a praticidade e a comodidade de receber o produto em casa.

 

Com pouco mais de duas semanas de lançamento, a plataforma tem hoje cinco cervejarias cadastradas e cerca de 100 rótulos disponíveis para venda. De acordo com Leomil, a expectativa é chegar ao fim de 2015 com 100 cervejarias e cerca de 300 rótulos à venda. Segundo ele, a plataforma vai trabalhar tanto com cervejas artesanais, quanto industriais, e com preços que variam de R$ 18,90 a R$ 30. O empresário explica que em um primeiro momento a Só Cervas vai explorar o mercado nacional, mas os sócios já planejam uma expansão para os Estados Unidos.

 

MERCADO MICROCERVEJEIRO EM NÚMEROS:

 

- O Brasil é o terceiro maior mercado de cervejas do mundo, ficando atrás somente dos Estados Unidos e China;

- Dentre os consumidores de cervejas artesanais, 88% são homens e 12% são mulheres;

- Média de 25 a 31 anos, com alto nível de interação digital e 69% tem nível superior de ensino;

- 82% compram cervejas em supermercados e 73% em bares, adegas e empórios especializados;

- 69% pagam de R$ 11 a R$ 20 por cerveja e 47% investem de R$ 100 a R$ 150 em cervejas especiais por mês;

- 80% consomem sozinhos ou com amigos, 74% nos finais de semana, 53% em dias da semana, 96% consomem cervejas especiais em casa; 84% consomem de uma a três garrafas por ocasião;

- Consumidores levam em consideração determinados critérios de avaliação na compra, como qualidade, estilo, preço, indicação e inovação;

- 59% compram marcas que são conhecidas ou que confiam e um dos critérios na decisão de compra é a indicação. Novas empresas ou marcas desconhecidas têm dificuldade de entrar no mercado, devido a este fator.(Fonte: Relatório de Inteligência - Junho/2015 - Sebrae)

 

 

Veículo: Jornal Diário do Comércio – MG

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

10/07/2019 16:56 - Cerveja poderá ter leite e mel em sua composição
10/07/2019 16:47 - ICMS de alimentação e bebidas em bares será de 4% no Rio
08/07/2019 14:52 - Vinhos paulistas se destacam entre os melhores do Brasil
14/06/2019 11:19 - Como está o mercado cervejeiro no Brasil?
11/06/2019 12:16 - Garrafa de cerveja retornável volta a ganhar espaço no mercado Brasileiro
30/05/2019 11:58 - Ministério da Agricultura registra produtores de cachaça e aguardente
21/05/2019 11:30 - Clube de vinhos mira o varejo para crescer 15%
06/05/2019 10:54 - Cerveja puro malte cresce 81% em volume de consumo no Brasil
14/03/2019 11:22 - Por que bebemos tão pouco vinho?
08/03/2019 14:31 - Consumo de refrigerantes só deve apresentar recuperação em 2020

Veja mais >>>