Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Bebidas

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Bebidas

21/09/2015 14:20 - Cervejas artesanais ganham as gôndolas

                                 Produto, que estava restrito apenas a pequenos empórios e delicatessens requintadas, agora ganha mercado

 

Até há pouco tempo restrita apenas a pequenos empórios e delicatessens requintadas, a crescente expansão do mercado de cervejas artesanais e especiais - consideradas premium - no Brasil já chamou a atenção das grandes redes supermercadistas. Os supermercados mineiros, principalmente da Capital, onde a produção dessas bebidas é pioneira no País e o consumo explodiu nos últimos anos, estão cada vez mais investindo e dando mais espaço para cervejas diferenciadas nas gôndolas de suas lojas.

 

De acordo com o presidente do grupo Super Nosso, Euler Fuad Nejm, as vendas de cervejas artesanais na rede estão em franco crescimento. "Hoje, a participação das premium nas vendas de cervejas em geral já representa 20% do total negociado. A tendência é crescer mais até pela aproximação de preço (em relação aos rótulos tradicionais)", afirmou o empresário.

 

Nejm não exita em dizer que, no momento, aposta mais no crescimento das cervejas especiais do que das marcas comuns, "ainda mais em Belo Horizonte onde as pessoas apreciam o produto e onde temos uma cultura forte de boteco", ressaltou.

 

Opinião semelhante tem o sócio-fundador dos supermercados Verdemar, Alexandre Poni. Presente na Grande BH, a rede é voltada para o público das classes A e B, onde estão mais concentradas as vendas dessas bebidas, até em função do preço mais alto.

 

"Acho que o caminho da cerveja é cada dia mais semelhante ao que o vinho vem percorrendo no Brasil. A população tem ficado mais exigente e buscado produtos de melhor qualidade. No País, ainda estamos engatinhando. Para se ter ideia, nos Estados Unidos, o mercado de cervejas premium já chega a 12%, 13%. Aqui é ainda muito pequeno. Temos muito espaço para crescer e a Ambev já percebeu isso", avaliou o empresário.

 

Dinamismo - O vice-presidente da Ambev, líder de mercado entre as cervejarias brasileiras, com 70% de market share -, Fernando Soares, ratifica a informação. Segundo ele, há espaço para as cervejas artesanais crescerem no Brasil e ele avalia que isso, em geral, é excelente para a categoria.

 

"A cerveja artesanal traz de volta toda a diversão que a cerveja tem que ter por si só.  um produto dinâmico, que tende a agregar pessoas, reunir os amigos. Até porque as pessoas estão optando por beber mais em casa, até pelas restrições legais existentes, como a Lei Seca e a proibição de fumar em bares e restaurantes", afirmou o executivo em entrevista concedida recentemente durante sua participação na convenção Anual da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

 

Para ele, o crescimento das cervejas premium não ocorrerá em detrimento das marcas tradicionais. Não acredito em queda no consumo. "Mas é claro que vamos aproveitar para surfar na atual onda das cervejas artesanais e ampliar as vendas e as margens da categoria", disse.

 

E como está aproveitando. Em julho, a Ambev fechou a compra da Colorado, marca especializada em cervejas artesanais de Ribeirão Preto (SP). A operação ocorreu pouco depois de a gigante cervejeira anunciar uma associação com a mineira Wals (em fevereiro deste ano). O valor dos negócios não foi divulgado.

 

Mercado é promissor para produto premium

 

O Grupo Pão de Açúcar (GPA), segunda maior rede supermercadista do Brasil conforme o ranking da Abras de 2014, também considera promissor o mercado de cervejas premium.

 

De acordo com a assessoria de comunicação do grupo, a companhia é pioneira na exploração desse tipo de produto no País e, no ano passado, houve um aumento da demanda por cervejas artesanais em 15% na capital mineira.

 

Por isso, a loja da bandeira Extra do bairro Belvedere (Centro-Sul) foi reinaugurada recentemente após passar por uma mudança de layout em que alguns setores foram incrementados, como o de cervejas especiais, que passou a contar com mais de 50 rótulos.

 

Em Uberlândia, única cidade mineira que conta atualmente com uma loja do Pão de Açúcar, as cervejas especiais têm ganhado destaque na exposição nos últimos meses, com a colocação de uma mesa permanente na entrada da loja, além das gôndolas no setor de bebidas, devido à demanda crescente pelo produto. A loja chega a ter cerca de 200 rótulos, entre cervejas nacionais e importadas.

 

"A cerveja artesanal, apesar de ainda ter uma participação pequena em relação às cervejas pilsen tradicionais, tem um mercado enorme pela frente, principalmente nas lojas de proximidade (vizinhança). O brasileiro está se interessando cada vez mais pelo produto e percebemos um retorno muito interessante quando fazemos promoções, gera fluxo. Antes não era assim, era um produto de fundo de loja. Hoje é diferente, as cervejas premium vêm ganhando cada vez mais destaque", concluiu o diretor de Lojas de Proximidade do GPA, Renato Giarola.

 

 

Veículo: Jornal Diário do Comércio - MG

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

10/07/2019 16:56 - Cerveja poderá ter leite e mel em sua composição
10/07/2019 16:47 - ICMS de alimentação e bebidas em bares será de 4% no Rio
08/07/2019 14:52 - Vinhos paulistas se destacam entre os melhores do Brasil
14/06/2019 11:19 - Como está o mercado cervejeiro no Brasil?
11/06/2019 12:16 - Garrafa de cerveja retornável volta a ganhar espaço no mercado Brasileiro
30/05/2019 11:58 - Ministério da Agricultura registra produtores de cachaça e aguardente
21/05/2019 11:30 - Clube de vinhos mira o varejo para crescer 15%
06/05/2019 10:54 - Cerveja puro malte cresce 81% em volume de consumo no Brasil
14/03/2019 11:22 - Por que bebemos tão pouco vinho?
08/03/2019 14:31 - Consumo de refrigerantes só deve apresentar recuperação em 2020

Veja mais >>>