Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Geral

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Geral

17/03/2017 11:43 - John Deere promete solução para a falta de conectividade nas lavouras

 


A fabricante de equipamentos inaugurou ontem um novo centro de agricultura de precisão no interior paulista e projeta crescimento de 15% a 20% nos mercados de Brasil e Argentina em 2017

 

 

Campinas (SP) - Na era das máquinas agrícolas de alta precisão, o presidente global da multinacional norte-americana John Deere, Sam Allen, reconhece que o tema conectividade é um dos grandes gargalos da agricultura brasileira. Mas a empresa promete uma solução tecnológica ainda neste ano. O projeto deve sair do novo Centro de Agricultura de Precisão e Inovação inaugurado ontem, em Campinas (SP). A base para desenvolvimento de tecnologias da empresa continuará sendo os Estados Unidos, mas a unidade brasileira será responsável pela adequação das inovações às condições das lavouras nacionais. "Os conceitos são dos Estados Unidos mas as especificidades precisam ser ajustadas aqui", disse Allen a jornalistas.

 

Em geral, as famílias de máquinas dotadas de agricultura de precisão fazem todo o levantamento dos trabalhos que são realizados no campo, os dados são salvos na nuvem (big data) e muitas permitem ao agricultor acompanhar resultados em tempo real. Considerada a localização geográfica das propriedades rurais no Brasil, a falta de conectividade limita a sincronização de dados e as mensurações realizadas pelo produtor, entrave que não existe entre os norte-americanos. Historicamente, as tecnologias desenvolvidas nos EUA precisam ser validadas antes da aplicação no Brasil, isso cria cerca de quatro anos de defasagem até que as técnicas estejam aptas ao sistema agrícola nacional. No entanto, Allen acredita que nos próximos três ou quatro anos os brasileiros podem superar a agricultura de precisão norte-americana.

 

 

"Essa convicção de que iremos muito rápido [no desenvolvimento tecnológico], primeiro, é porque temos no País uma quantidade de fazendas maiores e aqui se consegue fazer duas ou três safras por ano, o que possibilita que o agricultor tome risco e se ajuste", explica o executivo. Sem revelar valores específicos para a criação do centro em Campinas (SP), a John Deere destaca que o investimento global da companhia em pesquisa e desenvolvimento é de US$ 4 milhões por dia. A unidade de Agricultura de Precisão está localizada em um complexo já formado pelo Centro de Distribuição de Peças e o Centro de Treinamento, reunindo agora as iniciativas do Centro Latino-Americano de Tecnologia e Inovação (Latic), do Grupo de Soluções Inteligentes (ISG) e também as atividades da Auteq, empresa de software de bordo e gerenciamento de frota adquirida pela John Deere em 2014.

 

 

Impacto ao mercado

 

 

Além da questão conectividade, está sendo realizado um trabalho voltado para a melhoria logística da cana-de-açúcar. Na verdade, a unidade brasileira de pesquisa será a referência global no desenvolvimento de técnicas para o setor canavieiro. À medida que for lançado o sistema que reduza o tempo em que a colhedora de cana fica parada por falta de sincronização, Allen acredita que haverá uma tendência de aumento nas compras de máquinas com esta tecnologia. A combinação entre largura, velocidade e eficiência melhorada ajuda o produtor rural na decisão de substituir uma máquina. No setor de máquinas como A companhia olha com otimismo para o mercado de máquina de Brasil e Argentina. A previsão é que a América Latina cresça entre 15% e 20% neste ano na comparação com 2016. Com relação às commodities agrícolas e as iniciativas do presidente dos EUA, Donald Trump, Allen afirma que a John Deere é a favor do livre mercado e os brasileiros podem ser beneficiados caso haja alguma restrição comercial que limite o fornecimento de grãos norte-americanos.

 

 

 

Fonte: DCI

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

23/11/2017 14:36 - Produtor enfrenta alta nos insumos
23/11/2017 14:35 - Aprovação do Renovabio deve ficar para 2018
22/11/2017 11:10 - Novo selo confere garantias de origem
22/11/2017 11:08 - Setor pede o fim da cobrança do Funrural
16/11/2017 11:31 - Marfrig e Minerva ganham espaço no mercado com crise detonada pela JBS
16/11/2017 11:31 - Governo cria comitê do Plano ABC para monitorar redução de emissões de gases estufa na agropecuária
16/11/2017 11:30 - Arroz: Indústria ativa e retração produtora sustentam valores do casca
14/11/2017 12:04 - Confiança do agronegócio cresce 6 pontos no 3º trimestre
10/11/2017 12:13 - Conab confirma estimativa de alta na produção de soja para próxima safra
10/11/2017 12:03 - Produção aumentará 31% em 2018

Veja mais >>>